segunda-feira, 7 de janeiro de 2008

Só uma passada rápida

"Até que ponto as circunstâncias não me favorecem, ou eu é que não favoreço as circunstâncias?"
(Caio F. - Pela Noite)

A frase traduz o momento.
Não leio como quero. Não escrevo como quero. Não faço nada como quero.

Tédio absoluto.

Feliz natal e feliz ano novo atrasado.
Um pouco de hipocrisia, algumas amarguras e, talvez, esperança.



P.S.: O conto da Nessa é o melhor.

Um comentário:

Tiago Decker Medeiros disse...

tédio é fato.

insatisfação nem se fala - vindo de ti, ao menos.



=p